Arquivo Diário 29 de outubro de 2018

Livro ‘Atenção Primária à Saúde no Brasil: conceitos, práticas e pesquisa’

Produto de um esforço colaborativo de vários pesquisadores de diversas instituições de ensino superior, foi lançado em julho deste ano, durante o 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva – Abrascão 2018, o livro: Atenção Primária à Saúde no Brasil: conceitos, práticas e pesquisa. A publicação visa prover uma panorâmica do atual estado da atenção primária à saúde (APS) no Brasil, ademais de enfatizar o debate sobre a elaboração de um novo modelo de atenção, e como este pode contribuir para um Sistema Único de Saúde (SUS) universal, mais justo e sensível às necessidades da população.

 O livro está voltado para um grande público de interessados no tema, formado por gestores do SUS, pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação e trabalhadores que atuam na APS. A publicação se destaca por sua contribuição na sistematização e discussão tanto dos impactos da Estratégia de Saúde da Família (ESF) na ampliação do acesso aos serviços de APS e no estado de saúde da população, destacando-se a redução de desigualdades em saúde, quanto dos desafios a serem enfrentados para a consolidação da APS enquanto ordenadora de redes de atenção à saúde.

Organizado por quatro especialistas da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP), Maria Helena Mendonça, Gustavo da Matta, Roberta Gondim e Ligia Giovanella, se divide em 19 capítulos, além da introdução, distribuídos em três partes.  A Parte I, ‘Componentes estratégicos para a conformação da APS no SUS’, aborda questões de organização da APS, financiamento, gestão do cuidado, modelos de gestão, territorialização, intersetorialidade, populações vulnerabilizadas, participação popular, sistemas de informação, e formação em saúde. Já a Parte II, ‘Processo de trabalho e práticas profissionais em APS’, trata de médicos de família, enfermeiros, agentes comunitários, profissionais da saúde bucal, e apoio matricial. Finalmente, a Parte III, ‘Panorama da pesquisa em APS no Brasil’, sistematiza a atividade de pesquisa em APS e os principais estudos de avaliação produzidos nos últimos tempos.

A publicação foi endossada por Gastão Wagner de Sousa Campos, presidente da Abrasco, e Nísia Trindade Lima, presidente da Fiocruz, que escreveram o prefácio e a orelha do livro, respectivamente. Também recebeu a recomendação de James Macincko, Professor da University of California Los Angeles, Eleonor Conill, Editora Associada da Revista Ciência e Saúde Coletiva da ABRASCO, e Helvécio Miranda, Secretário de Planejamento e Gestão de Minas Gerais.

 “A reflexão crítica sobre a trajetória e os desafios relacionados à Atenção Primária à Saúde (APS) no Brasil torna-se densa e inspiradora de debates e propostas de intervenção quando se reúnem perspectivas diversas a respeito dos caminhos teóricos, das experiências em diferentes territórios, das práticas profissionais e dos processos de trabalho.” (Nísia Trindade Lima, presidente da Fiocruz)

A publicação será relançada na 3ª Oficina do comitê gestor Rede APS e Pré-oficina do Observatório de Análise Política em Saúde – Eixo APS, no dia 30 de outubro de 2018, em Salvador. Confira aqui os detalhes do evento.

O livro pode ser adquirido:

  • online no site da Livraria Editora Fiocruz
  • Na Livraria da EDUFBA

Editora da Universidade Federal da Bahia (L) – Rua Augusto Viana, 37, Canela – 40110-060 – Salvador/BA – Tel.: (71) 3283-6164

Confira o sumário do livro Atenção Primária à Saúde no Brasil: conceitos, práticas e pesquisa

Introdução – Os desafios urgentes e atuais da Atenção Básica/Atenção Primária à Saúde no Brasil 

Maria Helena Magalhães de Mendonça, Roberta Gondim, Gustavo Matta e Ligia Giovanella

 Parte I – Componentes estratégicos para a conformação da APS no SUS

Capítulo 1 – Organização da atenção primária à saúde no Brasil e os desafios para a integração em redes de atenção  

Márcia Fausto, Patty Fidelis de Almeida e Aylene Bousquat

Capítulo 2 – Financiamento da atenção primária à saúde no Brasil 

Ana Luisa Barros de Castro, Cristiani Vieira Machado e Luciana Dias de Lima

Capítulo 3 – Gestão do cuidado e atenção básica: controle ou defesa da vida?

Ruben Mattos e Eduardo Melo

Capítulo 4 – Modelos de gestão na atenção primária à saúde: uma análise crítica sobre a gestão do trabalho e produção em saúde

Marcia Teixeira, Gustavo Matta e Aluísio Gomes da Silva Junior 

Capítulo 5 – O uso do território na atenção primária à saúde 

Grácia Maria de Miranda Gondim e Mauricio Monken

 Capítulo 6 – Atenção primária, promoção da saúde e o desafio da intersetorialidade 

Maria de Fátima Lobato Tavares, Rosa Maria Rocha e Rosana Magalhães

Capítulo 7 – Atenção básica à saúde e populações vulnerabilizadas – potencialidades e contradições sobre a atenção à saúde às pessoas em situação de rua

Roberta Gondim

Capítulo 8 – Participação popular e atenção primária à saúde no Brasil: fundamentos, desafios e caminhos de construção 

Pedro José Santos Carneiro Cruz e Volmir José Brutscher

Capítulo 9 – Muito além do básico: as bases de dados em saúde e a atenção básica à saúde no Brasil 

Arlinda Barbosa Moreno

Capítulo 10 – Atenção básica e formação 

Laura Camargo Macruz Feuerwerker e Angela Aparecida Capozzolo

Parte II – Processo de trabalho e práticas profissionais em APS

Capítulo 11 – Medicina de família e comunidade na atenção primária à saúde no Brasil: potencialidades e desafios

Sandro Rodrigues Batista, Magda Moura de Almeida e Thiago Gomes da Trindade 

Capítulo 12 – O enfermeiro na atenção básica: processo de trabalho, práticas de saúde e desafios contemporâneos 

Helena Maria Scherlowski Leal David, Sonia Acioli, Helena Maria Seidl e Paula Soares Brandão 

Capítulo 13 – Configurações do trabalho dos agentes comunitários na atenção primária à saúde: entre normas e práticas 

Márcia Valéria G. Morosini e Angélica Ferreira Fonseca

Capítulo 14 – Reorganização das práticas de saúde bucal: desafios no âmbito da atenção primária à saúde

Elisete Casotti e Mônica Villela Gouvêa

Capítulo 15 – Apoio matricial na atenção básica e os núcleos de apoio à saúde da família: das concepções e políticas aos desafios no cotidiano 

Eduardo Melo e Lilian Miranda

Parte III – Panorama da pesquisa em APS no Brasil

Capítulo 16 – O campo da pesquisa em atenção primária à saúde no Brasil 

Maria Guadalupe Medina, Rosana Aquino, Ana Luiza Queiroz Vilasbôas e Cristiane Abdon Nunes 

Capítulo 17 – Estudos de PCATool no Brasil 

Erno Harzheim, Marcelo Rodrigues Gonçalves, Otavio Pereira D´Avila, Lisiane Hauser e Luiz Felipe Pinto

Capítulo 18 – A utilização do indicador internação por condições sensíveis à atenção primária (ICSAP) no Brasil 

Claunara Schilling Mendonça, Fúlvio Borges Nedel, Sandro Rodrigues Batista e Maria Guadalupe Medina

Capítulo 19 – Contribuições dos estudos PMAQ-AB para a avaliação da APS no Brasil 

Ligia Giovanella, Maria Helena Magalhães de Mendonça, Maria Guadalupe Medina, Juliana Gagno Lima, Márcia Cristina Rodrigues Fausto, Helena Seidl, Gabriella Carrilho Lins de Andrade e Luiz Augusto Facchini 

Por Diana Ruiz e Valentina Martufi – doutorandas que contribuem para a REDE APS