Arquivo Diário 13 de agosto de 2018

Base de Pesquisa para a história da Atenção Primária à Saúde no Brasil

O Observatório História e Saúde, vinculado ao Departamento de Pesquisa da Casa de Oswaldo Cruz (Fiocruz) e integrante da Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde – ObservaRH, (SGTES-MS/OPAS- OMS), tem por missão mobilizar e produzir conhecimento acerca dos processos históricos em saúde, em diálogo privilegiado com a Saúde Coletiva e demais abordagens sociais da saúde, para apoio aos processos de formulação, monitoramento e avaliação de políticas no âmbito do atual sistema de saúde brasileiro.

Nos últimos anos, no âmbito do Projeto “História da Atenção Primária à Saúde no Brasil: de modalidade de atenção à Saúde a Política Prioritária”, coordenado pelo pesquisador Carlos Henrique Paiva, o Observatório tem desenvolvido uma série de estudos e produtos acerca da Atenção Primária à Saúde brasileira, inclusive em suas diferentes conexões internacionais, em perspectiva história. É neste contexto que a equipe do Observatório acaba de lançar a Base de Informação online “História da Atenção Primária à Saúde”. Esta base de dados reúne referências documentais selecionadas para a pesquisa da História da Atenção Primária à Saúde (APS) no Brasil. Seu acervo descreve a organização de instituições na área, as ações de educação em saúde e proposições e políticas em diversos campos, tais como financiamento, contratação e gestão do trabalho em saúde em iniciativas afinadas com o conceito contemporâneo de APS. Quanto à natureza dos documentos, a base é constituída por cartas, memorandos, comunicações internas, programas e projetos produzidos por personagens que exerceram cargos de gestão e coordenação de políticas e programas e também de instituições de saúde. Em termos de recorte temporal, há uma concentração de documentos no período 1940-1980. O acesso ao texto completo dos documentos não é disponibilizado, no entanto, as referências contam com um resumo detalhado que permite a compreensão do conteúdo do documento e sua relevância para fins de pesquisa por parte de trabalhadores e pesquisadores do campo.

Acesse aqui:

http://observatoriohistoria.coc.fiocruz.br/php/level.php?lang=pt&component=17&item=9