Rede APS - Rede de pesquisa em atenção primária a saúde

Saúde mais perto de você Abrasco
5407 cadastrados
Faça parte da rede APS!
Cadastre-se!

Instituições Apoiadoras

Qualidade da APS: uma análise segundo as internações evitáveis em um município de Minas Gerais

O objetivo do estudo foi avaliar a qualidade da atenção primária à saúde, com base nas internações evitáveis, de homens e mulheres de todas as faixas etárias, no período de 2008 a 2012, em uma cidade do sul de Minas Gerais. Trata-se de um estudo ecológico realizado a partir dos dados do Sistema de Informação Hospitalar (SIH-SUS). Os diagnósticos médicos selecionados foram: pneumonia, diabetes mellitus e doenças do sistema circulatório. Houve predomínio de idosos, do sexo masculino, com diagnóstico de pneumonia, mediana do tempo de internação de cinco dias e aumento dos gastos com tais hospitalizações. A tendência da taxa de hospitalização para as doenças do sistema circulatório e diabetes mellitus manteve-se estável durante o período em estudo. Quanto à pneumonia, verificou-se uma tendência crescente, sendo encontrado um platô no início de março de 2009, que elevou a taxa média de 2,01 para 3,51. Os dados sugerem que a atenção primária à saúde está pouco organizada para atender a esses diagnósticos, principalmente no que se refere à pneumonia.

Autores: Carolina Costa Valcanti Avelino 1 Sueli Leiko Takamatsu Goyatá 1 Denismar Alves Nogueira 2 Ludmila Barbosa Bandeira Rodrigues 3 Sarah Maria Souza Siqueira 1

Leia artigo – artigo01_06_2015

Artigo publicado na Revista ciência e Saúde Coletiva – Abrasco.org.br

ABRASCO - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SAÚDE COLETIVA - Todos os direitos reservados - © Copyright 2015
Tel./Fax: +55 (21) 2560-8699 - 2560-8403 | E-mail: contato@rededepesquisasaps.org.br

%d blogueiros gostam disto: