Faça parte da rede aqui!
Fique por dentro das últimas notícias, eventos, debates e publicações científicas mais relevantes.
  • img

    A agenda política estratégica da Rede de Atenção Primária à Saúde no SUS

  • img

    “A palavra de ordem é a revogação da EC 95, pelo não desmantelamento do SUS”

  • img

    30 anos de SUS: OPAS/OMS lança publicação sobre as conquistas e os desafios para a sustentabilidade do SUS

  • img

    Declaração de Astana sobre Atenção Primaria à Saúde e posicionamento Conselho Nacional de Saúde

Faça parte da Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde

Busca promover a melhoria da utilização dos resultados em pesquisa para qualificar a gestão e potencializar o conhecimento.

Últimas notícias

Fique informado das últimas noticias da Rede APS

Nota Abrasco contra o Decreto 9.685, que flexibiliza porte de armas de fogo e munições no Brasil

Em face da aprovação do Decreto 9.685, que facilita a posse de armas de fogo e munições à população brasileira, publicado em edição es

Ler mais

10 prioridades de pesquisa em APS identificadas através da utilização de um método Delphi modificado

Com este estudo publicado pelo jornal aberto PLOS ONE, seis pesquisadores de instituições acadêmicas canadenses procuraram estabelecer quais s

Ler mais

Livro Atenção Primária à Saúde no Brasil: Conceitos, Prática e Pesquisa é o mais vendido na ABRASCO Livros

A Abrasco Livros divulgou a relação dos livros mais vendidos e em primeiro lugar está Atenção Primária à Saúde no Brasil: Conceitos,

Ler mais

O Programa Mais Médicos chama a atenção internacional

A saída dos médicos cubanos do Programa Mais Médicos (PMM) não demorou em atrair atenção internacional. A renomada revista científica Brit

Ler mais

Veja mais notícias


Conheça a Rede

Redes de pesquisa foram estabelecidas em alguns países no contexto da Atenção Primária à Saúde para desenvolver e subsidiar tomadas de decisão baseadas em evidências científicas. Essas redes podem produzir agendas estratégicas de investigação e qualificar a experiência do cuidado. A Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde (REDE APS) da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO) busca, em 8 anos atividades, proporcionar a pesquisadores, gestores e trabalhadores do SUS o acesso e o intercâmbio de conhecimento científico nacional e internacional sobre a APS. Suas principais atuações são a discussão do desenvolvimento de políticas brasileiras vinculadas à Atenção Básica, os debates críticos sobre a reformulação da Política Nacional de Atenção Básica, o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) e a difusão de pesquisas sobre o Programa Mais Médicos. A REDE APS tem importante influência e manifesta -se criticamente aos retrocessos no SUS promovendo iniciativas para fortalecer o diálogo.